Divisao Politico Territorial
Armênia
HISTÓRIA GERAL
HISTÓRIA CILÍCIA
REIS DA ARMÊNIA
REGIÕES ARMÊNIA
CULTURA
MOEDAS E CÉDULAS
Clique abaixo e acompanhe esta parte ao som da música Yerevan Erebouni
Divisão Político Territorial


REGIÃO 1 - Aragatsotn
REGIÃO 2 - Ararat
REGIÃO 3 - Armavir
REGIÃO 4 - Gegharkunik
REGIÃO 5 - Kotayk
REGIÃO 6 - Lorri
REGIÃO 7 - Shirak
REGIÃO 8 - Syunik
REGIÃO 9 - Tavush
REGIÃO 10 - Vayots Dzor
REGIÃO 11 - Yerevan


A Armênia está organizada político-territorialmente em onze subdivisões. Destas onze, dez são chamadas marzer ou no singular marz que é derivada da palavra persa marz, cujo significado é fronteira, limite.

Yerevan é tratada separadamente e recebe status especial de hamaynq por ser a capital do país. O líder do executivo em cada uma das 10 marzes é o marzpet ou governador da marz, apontado pelo governo da Armênia.

Em Yerevan, o líder do executivo é o prefeito, apontado pelo presidente. A república possui 953 vilarejos, 48 cidades e 932 comunidades, das quais 871 são rurais e 61 urbanas.

A seguir vou mostrar algumas informações sobre cada região numerada acima.


Território 2.753 km quadrados
Aragatsotn ocupa 9,3% do território da República da Armênia.

Aragatsotn é uma das dez províncias da Armênia, situada na parte ocidental do país, sendo a sua capital a cidade de Axtarak

O nome Aragatsotn significa, ao pé do Aragats, uma montanha da cultura armênia apesar de atualmente estar situada na Turquia. Durante a dinastia dos Arsácidas do Reino da Armênia, a região era parte da província de Ayrarat e era governada pela família Amatuni sendo a sua capital Oshakan.

Além de Axtarak, a região engloba duas outras cidades comunidades urbanas: Aparan e Talin, além de 111 comunidades rurais.

A região é habitada sobretudo por armênios mas possui uma significativa minoria curda Yazidi

1 - Aparan
2 - Aragats
3 - Axtarak
4 - Talin

O extremo oeste de Aragatsotn faz fronteira com a Turquia, já as marzer suas vizinhas são:
Shirak - norte
Lorri - nordeste
Kotayk - este
Armavir - sul

A sudoeste, entre as suas fronteiras com Kotayk e Armavir, Aragatsotn também faz fronteira com Yerevan.

Ir para o topo


Território 2.096 km quadrados de terra agrícola
Ararat ocupa cerca de 7,1% do território da República da Armênia.

Ararat ou Ararate é uma das dez províncias da Armênia e a sua capital é Artaxata.

Além da capital Artaxata, a região conta com três outras cidades comunidades urbanas: Ararat, Vedi e Masis e 93 comunidades rurais.

Existe um filme Ararat de 2002, dirigido por Atom Egoyan que evoca o período do genocídio armênio.

Assim denominada devido ao Monte Ararat, esta província faz fronteira a oeste com a Turquia e com o azerbaijão, ao sul com a república autónoma de Nakichevan. Ararat rodeia o exclave de Karki pertencente a Nakhichevan mas que tem sido controlado pela Armênia desde a sua captura em Maio de 1992 durante a Guerra de Nagorno-Karabakh.


1 - Ararat
2 - Artaxata
3 - Yeraskh
4 - O rio Hrazdan


Ararat tem como vizinhas as marzes de:
Armavir - noroeste
Kotayk - norte
Gegharkunik - este
Vayots Dzor - sudeste

Ararat também faz fronteira com Yerevan ao norte, entre as suas fronteiras com Armavir e Kotayk

Ir para o topo


Território 1.254 km quadrados
Armavir Marz ocupa a 4,2% do território da República da Armênia.

Armavir é uma das dez províncias da Armênia e a sua capital é Armavir.

O compositor Edward Manukyan e cantor pop Aram Asatryan nasceram ambos nesta região.

Além da capital Armavir, a região conta com duas outras cidades comunidades urbanas: Etchmiadzin e Metsamor e 94 comunidades rurais.

Localizada no sudoeste do país, no vale Ararat, entre o monte Ararat e o monte Aragats, partilhando uma fronteira de 45 milhas com a Turquia ao sul e a oeste.

Nesta província encontra-se a Cidade Santa de Echmiadzin que é o centro da Igreja Apostólica Armênia e residência do Catholicos da Armênia e de Todos os Armênios.

Também nesta região situa-se a cidade história de Sardarapat, local onde em 1918 se deu a batalha de Sardarapat, um evento decisivo, em que o avanço turco foi parado salvando toda a Armênia da destruição .


1 - Armavir
2 - Etchmiadzin
3 - Margara
4 - Metsamor
Armavir tem como vizinhas as marzes de: Aragatsotn ao norte e Ararat a sudeste.

A nordeste, entre as suas fronteiras com Aragatsotn e Ararat, Armavir também faz fronteira com Erevan.

Ir para o topo


Território 5.348 Km quadrados
Gegharkunik Marz ocupa 18% do território da Armênia.

Gegharkunik é uma das dez províncias da Armênia, situada no este do país, fazendo fronteira com o Azerbeijão.

Além da capital Gavar, a região conta com quatro outras cidades comunidades urbanas: Martouni, Sevan, Tjambarak e Vardenis, e 87 comunidades rurais.

Esta é a maior província (marz) da Armênia com uma área de 5.348 km², apesar de 1.278 km² estarem cobertos pelo Lago Sevan, o maior lago do Cáucaso e grande atração turística da região.

Esta província inclui o enclave armênio de Artsvashen, que é rodeado pelo Azerbeijão e que por este país tem sido controlado desde a sua captura na Guerra de Nagorno-Karabakh.

Os mosteiros de Ayrivank e de Sevanavank encontram-se na zona ocidental desta região.

Gegharkunik tem como vizinhas as marzes de:
Vayots Dzor - sul
Ararat - sudoeste
Kotayk - noroeste
Tavush - norte


Ir para o topo


Território - 2.089 km quadrados
Kotayk ocupa 7% do território da Armênia.

Kotayk é uma das dez províncias da Armênia, situada no centro do país e cuja capital é Hrazdan, sendo conhecida sobretudo pela cerveja homônima produzida em Abovyan.

Além da capital a região conta com seis outras cidades, comunidades urbanas,: Abovyan, Byureghavan, Charentsavan, Nor-Hachn, Tsakhkadzor e Yeghvard, e 60 comunidades rurais.

Kotayk é a única marz que não faz fronteira com outros países, sendo as suas vizinhas as marzes de:
Lorri - norte
Tavush - nordeste
Gegharkunik - este
Ararat - sul
Aragatsotn - oeste

A sudoeste, entre as suas fronteiras com Ararat e Aragatsotn, Kotayk também faz fronteira com Yerevan.

Nesta província encontram-se destinos turísticos bastante frequentados, como Garni e o mosteiro de Geghard além da estância de desportos de inverno de Tsakhkadzor onde nasceu o fisiologista Leon Orbeli.

Ir para o topo


Território 3.789 Km quadrados
Lori é o terceiro maior marz da República Armênia ocupando 12,7% do território e o segundo pelo seu número de população depois da cidade de Yerevan.

Lorri ou Lori é uma das dez províncias da Armênia situada no norte do país e fazendo fronteira com a Geórgia, a sua capital é Vanadzor e Stepanavan é a segunda maior cidade.

Além da capital a região conta com sete outras cidades comunidades urbanas: Akhtala, Alaverdi, Shamlugh, Spitak, Stepanavan, Tachir e Toumanian, e 105 comunidades rurais.

A região foi duramente afetada pelo terremoto de Spitak ocorrido em 1988.

Lorri tem como vizinhas as marzer de:
Tavush - este
Kotayk - sudeste
Aragatsotn - sudoeste
Shirak - oeste

Além de albergar os Mosteiros de Haghbat e Sanahin, Patrimônio Mundial da UNESCO, Lorri é também conhecida por ser o local de nascimento de diversos armênios famosos, como o músico Harutyun Sayatyan mais conhecido por Sayat-Nova, o poeta Hovhannes Tumanyan, o designer de aviões soviéticos Artem Mikoyan

Ir para o topo


Território 2.681 km quadrados
Shirak ocupa 9% do território da Armênia

Shirak é uma das dez províncias da Armênia, situada no extremo noroeste do país, fazendo fronteira com a Turquia a oeste e com a Geórgia ao norte, sendo a sua capital a cidade de Gyumri e sendo acessível pelo Aeroporto Internacional de Shirak. Gyumri é oficialmente cidade co-irmã da cidade de Osasco no Brasil.

Além da capital, a segunda maior cidade do país e maior da região, em Shirak existem ainda duas outras cidades comunidades urbanas: Artik e Maralik, e 116 comunidades rurais.

A história antiga de Shirak é semelhante à do seu vizinho vale de Ararat, que foi descoberto por arqueólogos ter sido habitado à 250.000 anos, com o crescimento de povoações ao longo do vale Akhurian a começar por volta de 9000 a.C. Baseada na agricultura, a região não possuía centros metalúrgicos como os encontrados no Sul, mas ainda assim encontraram-se povoados sofisticados.

Na região de Shirak encontram-se vários monumentos, citem-se por exemplo os mosteiros de Marmashen, de Aroutj e de Lmpat, que datam da Idade Média. Marmashen compõe-se de duas igrejas e de três outras atualmente em ruínas, tendo o conjunto sido construído entre os séculos X e XIII, à semelhança de Aroutj. Lmpat é mais antigo, tendo sido construído entre o século VI e o século X.

Estes três locais eram bastante conhecidos na Idade Média e atualmente são um importante testemunho da arquitetura armênia daquela época.

Shirak tem como vizinhas as marzer de:
Lorri - este
Aragatsotn - sul

Ir para o topo


Território 4.506 Km quadrados

Syunik ocupa 15% do território da República da Armênia. A população do marz é composta de 4,8% da população total da Armênia.

Ele inclui 7 municípios com 105 comunidades rurais e 127 assentamentos rurais, a população urbana é composta por 68,0% dos individuos.

É uma rica marz da República com muitos minerais importantes. Syunik faz fronteiras com o Irão (42 km), com Azerbaijão e Nakhijevan.

Ir para o topo


Território 2.704 Km quadrados

Tavush é uma das dez subdivisões da Armênia, situada no nordeste do país, fazendo fronteira com a Geórgia a norte e com o Azerbeijão a este. A sua capital é Ijevan.

Além da capital, em Tavush existem ainda quatro outras cidades comunidades urbanas: Ayrum, Noyemberian, Dilijan e Berd, e 57 comunidades rurais.

O pintor ucraniano-arménio Sarkis Ordyan nasceu nesta região.

A província de Tavush compreende parte da região noroeste da província histórica do Reino da Armênia Utik e rodeia os exclaves azerbaijanos de Barxudarli e Yuxari Skipara, controlados pela Armênia desde a sua captura na Guerra de Nagorno-Karabakh.

Tavush tem como vizinhas as marzes de:
Gegharkunik - sul
Kotayk - sudoeste
Lorri - oeste

Ir para o topo


Vayots Dzor é uma das dez províncias da Armênia, situada no sudeste do país, fazendo fronteira com o Azerbeijão a este e oeste. A sua capital é Yeghegnadzor.

Além da capital, em Vayots Dzor existem ainda duas outras cidades comunidades urbanas: Djermouk e Vayk, e 41 comunidades rurais.

Esta marz tem uma área de 2.308 km² e uma população de apenas 53.230 habitantes segundo o census de 2002, sendo a província com menor densidade populacional.

Vayots Dzor tem como vizinhas as marzer de:
Ararat - noroeste
Gegharkunik - norte
Syunik - sudeste

A província é rica em património histórico e arquitetônico, como os mosteiros de Noravank e de Tsakhats Kar e a fortaleza de Smbataberd. A cidade de Jermuk, uma das maiores atracções turísticas da Armênia durante a era soviética, também se localiza nesta província.

Ir para o topo


Erevan, Erevã, Erevão, Yerevan ou Yerevã é a capital e maior cidade da Armênia, sendo também uma de suas divisões administrativas, com estatuto diferenciado em relação às províncias.

Está situada às margens do rio Hrazdan, coordenadas 40°10'N, 44°31'E. Yerevan tem mais de 2.780 anos de história, sendo uma das mais antigas cidades do mundo

HISTÓRIA

Os vestígios arqueológicos indicam que foi fundada em 782 a.C. uma fortaleza urartiana chamada Erebuni por ordens do rei Argistis I. O forte era uma sentinela contra os ataques bárbaros a partir do norte do Cáucaso. Yerevan é assim uma das mais antigas cidades do mundo dentre as ainda habitadas. Tornou-se uma cidade importante devido à sua localização estratégica nas rotas de caravanas entre a Europa e a Índia. Tem a atual designação pelo menos desde o século VII, quando era a capital da Armênia sob soberania persa.

Devido à sua localização, Yerevan foi constantemente disputada entre a Pérsia e os otomanos, tendo mudado de mãos inúmeras vezes. A cidade constituiu um canato entre 1604 e 1828 e esteve alternadamente sob domínio da Pérsia e da Turquia.

Em 1827 foi conquistada pela Rússia e formalmente cedida pela Pérsia em 1828. Depois da Revolução russa de 1917 foi, durante três anos, a capital da Armênia independente. Depois da ocupação soviética, em 1920, manteve-se capital da República Soviética Socialista da Armênia, uma das repúblicas da União Soviética. Desde 1991 é capital da atual República da Armênia.

ECONOMIA

Yerevan não é somente sede de empresas armênias, mas também de empresas transnacionais, devido à sua posição estratégica entre Europa e Ásia. O Banco Nacional da Armênia e a Bolsa de Valores do país e a sede de grandes bancos mundiais funcionam em Yerevan.

Recentemente, a cidade passa por uma grande processo de remodelamento onde apartamentos de estilo soviético são demolidos e trocados por modernos edifícios.
Apesar disso, o projeto não é bem-visto pela oposição, bem como por alguns residentes.

Yerevan é dividida em vários distritos, cada um designado com um líder eleito.
Ajapnyak
Arabkir
Avan
Davtashen
Erebuni
Kentron
Malatia-Sebastia
Nor-Nork
Nork-Marash
Nubarashen
Qanaqer-Zeytun
Shengavit

Atualmente, Yerevan tem 25 cidades-irmãs.

São Paulo, Brasil
Antananarivo, Madagáscar
Atenas, Grécia
Beirute, Líbano
Bratislava, Eslováquia
Cambridge, Massachusetts, EUA
Carrara, Itália
Chisiñau, Moldávia
Damasco, Síria
Florença, Itália
Isfahan, Irã
Kiev, Ucrânia
Los Angeles, Califórnia, EUA
Lyon, França
Marselha, França
Minsque, Bielorrússia
Montreal, Quebeque, Canadá
Moscou, Rússia
Odessa, Ucrânia
Podgorica, Montenegro
Rostov do Don, Rússia
São Petersburgo, Rússia
Stavropol, Rússia
Tbilisi, Geórgia
Volgogrado, Rússia





Quaquer imagem ou foto locada neste site que apresentar, direitos de outro detentor, basta entrar em contato com (hagopK@uol.com.br) comprovar a reserva de direito, que a mesma será imediatamente removida deste site.

Este site não tem fins lucrativos, apenas o intuito de divulgar a história e cultura da Armênia.

Hagop Koulkdjian Neto.